Revolusolar

Relatório de Atividades 2020

3º Trimestre de 2020

Período de avaliação: 01 de julho de 2020 a 30 de setembro de 2020

Relatório de Atividades 2020

3º Trimestre de 2020

Período de avaliação: 01 de julho de 2020 a 30 de setembro de 2020

1. Resumo
2. Comunicação
Exposição na mídia externa
Desempenho das mídias próprias
3. Captação de recursos
4. Engajamento Comunitário
5. Educação infantil
6. Educação profissional
7. Engenharia
Engenharia de Projetos
O&M
Eficiência Energética

8.  Administração financeira
9.  Pessoas
10.  Cooperativa
11.  Jurídico
12.  Articulação em redes e Advocacy
13. Mensuração de Impacto
14. Próximos passos

1. RESUMO

O terceiro trimestre de 2020 foi marcado pelo isolamento social e grandes limitações para execução de atividades presenciais, conforme recomendações das autoridades sanitárias. A Revolusolar continuou dando prioridade ao auxílio emergencial, na Campanha Babilônia e Chapéu Mangueira Contra o Coronavírus, realizada em parceria com as respectivas Associações de Moradores.

Em paralelo às ações de auxílio emergencial, as equipes de trabalho levaram à frente as atividades de preparação para a constituição da Cooperativa Solar. O projeto visa uma solução estrutural para o pós-pandemia, visando o desenvolvimento sustentável das comunidades de baixa renda – foco principal da Revolusolar. Além disso, o trabalho relativo à governança da instituição, iniciado no trimestre anterior, teve importantes avanços, culminando na formalização de um novo Estatuto Social, nova Diretoria Executiva, Conselho e quadro de Associados. Essas mudanças favorecerão um crescimento planejado, controlado e estruturado nos próximos passos da Revolusolar.

2. COMUNICAÇÃO

Tivemos 2 grandes marcos para a comunicação da Revolusolar no terceiro trimestre de 2020:

Em 20 de Julho, saiu o anúncio que nosso diretor executivo (Eduardo Avila) foi selecionado como único brasileiro finalista em prêmio global da ONU, representando a Revolusolar;

Dia 17 de Setembro, realizamos o lançamento da campanha de financiamento coletivo para a cooperativa através do site benfeitoria.

Exposição na mídia externa

O período ficou marcado por um aumento expressivo de exposição na mídia como pode ser visto na Tabela 1.

Tabela 1: Exposições na Mídia
Título Data Fonte Língua Meio
Um Lugar ao Sol: Energia Solar como Transformação Social 30/09/2020 ABSOLAR PT Podcast
Energia que vem da Favela Episódio de Fotovoltalks 30/10/2020 Fotovoltalks PT Podcast
Número de painéis solares no Rio é dez vezes maior do que há 4 anos 18/09/2020 Veja Rio PT Internet
Energia solar na favela 11/09/2020 Mundo Coop p.2 PT Revista
Favela cria primeira cooperativa de energia solar distribuída 24/08/2020 Clima Tempo PT Internet
Projeto instala painéis solares no morro da Babilônia em parceria com moradores 18/08/2020 Globo RJ1 PT TV
Papo de Juventude - Energia Solar - bloco 1 13/08/2020 TV ALERJ PT TV
Papo de Juventude - Energia Solar - bloco 2 13/08/2020 TV ALERJ PT TV
Entrevista com Eduardo Ávila, diretor do projeto Revolusolar 05/08/2020 Voz de Portugal PT Internet
Jornal da Record 01/08/2020 Record PT TV
Projeto de geração elétrica solar em favelas do RJ é finalista de prêmio da ONU 28/07/2020 Clima Info PT Internet
"Rio tem potencial para ser protagonista mundial em energia solar" 27/07/2020 Uol-Ecoa PT Internet
Brasileiro é finalista de prêmio da ONU com projeto de captação de energia solar em favelas do Rio 27/07/2020 G1 PT Internet
Energia solar: brasileiro é finalista em prêmio da ONU 26/07/2020 Band PT TV
Projeto incentiva uso de energia solar nas comunidades do Rio 26/07/2020 CBN PT Rádio
Cooperativa solar na Babilônia, Rio, é finalista de prêmio da ONU 24/07/2020 Folha de S. Paulo PT Internet
Brasileiro é finalista de prêmio global da ONU com projeto de energia solar em favelas do Rio 20/07/2020 ONU Brasil PT Internet
Jovem brasileiro concorre a prêmio da ONU por levar energia solar a favelas 20/07/2020 Uol-Ecoa PT Internet
ONG carioca leva energia solar a favelas da Zona Sul do Rio 17/07/2020 Veja Rio PT Internet
Papo Solar #20 Eduardo Avila: promoção do desenvolvimento sustentável por meio da energia solar nas favelas 15/07/2020 Canal Solar PT Podcast

Fonte: Elaboração própria

Desempenho das mídias próprias

Tivemos aumento expressivo na produção de conteúdo e engajamento nas redes sociais:

Figura 1: Aumento de Seguidores no Instagram e análise de engajamento (01/07/2020 a 30/09/2020)

Fonte: mLabs

Figura 2: Aumento de Seguidores no Facebook e análise de engajamento (01/07/2020 a 30/09/2020)

Fonte: mLabs

Os 2 picos (final de julho e meio/final de setembro) observados nas Figuras 1 e 2 correspondem aos 2 marcos citados anteriormente (anúncio da ONU e crowdfunding).

Figura 3: Aumento de Seguidores no LinkedIn e análise de engajamento (01/07/2020 a 30/09/2020)

Fonte: mLabs

Figura 4: Seguidores LinkedIn por segmento

Fonte: mLabs

O LinkedIn se mostrou um canal estratégico para prospecção de parcerias e captação de recursos. Destaca-se o importante alcance com profissionais do segmento de “recursos renováveis e meio ambiente” seguido pelo setor de “petróleo e energia”, conforme mostra a figura 4.

Em relação ao desempenho na rede social Twitter, a plataforma de análise mLabs apresentou problemas técnicos de integração. Segundo estimativas próprias, subimos de aproximadamente 20 para 67 seguidores. A figura 5 mostra uma análise desses seguidores.

Figura 5: Análise das biografias e localização dos seguidores da Revolusolar no Twitter

Fonte: mLabs

Figura 6: Análise de engajamento no Youtube (01/07/2020 a 30/09/2020)

Fonte: YouTube Studios

O YouTube não vinha sendo um canal prioritário na comunicação da Revolusolar, até o lançamento do crowdfunding. A partir do lançamento do vídeo oficial da campanha (17/09), o engajamento no Youtube subiu significativamente.

Figura 7: Análise de engajamento no Site

Fonte: Elaboração Própria a partir de dados extraídos do Google Analytics

Desde julho, tivemos um aumento expressivo no acesso ao site. Com as matérias na imprensa e a indicação ao prêmio da ONU, a Revolusolar começou a ser muito buscada no Google. Por isso, o motor de busca representou quase ⅔ do meio de entrada no site nesse período.

A utilização do GoogleAds através do AdsGrants, uma iniciativa da empresa para crédito de anúncios para ONGs, também ajudou a performance do site. Com uma estratégia de utilização de palavras chave voltadas para nosso blog, podemos ver que o fluxo de sessões na matéria de impactos ambientais se equiparou à homepage, principal página do site.

Além disso, nota-se um número muito maior de pessoas navegando através do desktop, o que contraria o entendimento geral de mobile first. Ainda assim, as melhorias de velocidade de carregamento é de conteúdo no site fizeram a taxa de rejeição cair para menos de 70%.

Por fim, vale ressaltar que o site também originou fluxo na campanha de financiamento coletivo, além de ter arrecadado doações de pessoas que não confiavam na plataforma da Benfeitoria.

3. CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Entre julho e setembro de 2020, foram feitas negociações com novos parceiros para o projeto da cooperativa. Duas empresas chinesas e outras três empresas brasileiras se comprometeram com:

  • Doação de 58 módulos fotovoltaicos de 455W (LONGi Solar);
  • Doação de um inversor de 20 kWp (Goodwe Solar);
  • Acesso ao software Re.Value de análise de viabilidade financeira de projetos fotovoltaicos (Clean Energy Latin America (CELA);
  • Acesso ao software de modelagem do projeto e homologação junto à distribuidora (Pieta.tech);
  • Doação de componentes elétricos e equipe de instalação para a usina da cooperativa (LocalPower).

A equipe Jurídica está envolvida na elaboração, revisão e assinatura dos contratos dessas parcerias.

Estamos buscando também captar recursos para a cooperativa e para os outros eixos de atuação da Revolusolar, como cursos de capacitação profissional e oficinas infantis. Esta captação têm se dado através do recebimento de doações online pelo website (revolusolar.com.br/doe) e pela negociação de novas parcerias. No terceiro trimestre de 2020, em específico, abrimos a campanha de financiamento coletivo mencionada anteriormente. Também estamos em fase avançada de apoios com outras fundações e institutos nacionais e internacionais para fechar o orçamento de 2020 e viabilizar os primeiros meses de 2021.

Dentre as novas parceiras, a empresa integradora LocalPower destinará 5% do valor da instalações contratadas através da indicação da Revolusolar, em um acordo de Representação Comercial.

Além do exposto e já visando a captação de 2021, a Revolusolar iniciou a estruturação dos projetos inscritos para as frentes de Educação Infantil e Formação Profissional, a fim de buscar oportunidades específicas de financiamento. Aplicou-se, por exemplo, para o edital realizado pelo Itaú Social, a CEERT e a Unicef para promover a Equidade Racial na Educação Básica. Apesar do resultado negativo, esta primeira experiência com editais de educação auxiliou o início da estruturação de propostas específicas para a frente de Educação Infantil.

Estamos montando o Plano Estratégico de 2023, além do Plano de Ação e Orçamento para 2021, o que nos permitirá atuar com mais antecedência nessa busca por recursos. Aprendemos que grandes apoiadores potenciais brasileiros tendem a fechar o orçamento em novembro do ano anterior e que esses processos podem durar de 1 a 3 meses. Por isso, já estamos nos adiantando para o orçamento de 2021.

Financiamento Coletivo

Financiamento coletivo
Com a campanha de financiamento da Benfeitoria, conseguimos uma boa arrecadação de fundos até o final de setembro. O esforço coletivo com a preparação da campanha e a divulgação em diversos canais foi fundamental para o resultado.

Mas especificamente sobre a divulgação, adotamos uma estratégia de comunicação diferenciada para cada canal. A segmentação de conteúdo e linguagem foi uma oportunidade observada logo nos primeiros dias de campanha através de análises ao painel de indicadores do site da Benfeitoria. Pode-se observar que a maior fonte de arrecadação era proveniente do WhatsApp, o que permitiu uma comunicação mais direcionada.

Para alcançar a meta desejada, também determinamos o lançamento de novas recompensas no mês de outubro, bem como a criação de campanhas de engajamento e motivação para a contribuição.

Vale ressaltar que desde o início da campanha na Benfeitoria, estivemos acima da arrecadação diária recomendada pela plataforma. Esse marco se deve a grande quantidade de pessoas físicas contribuindo. Em contrapartida, até o final do mês não tínhamos nenhuma pessoa jurídica como contribuidora.

Os acessos ao site da campanha também foram relevantes. O número de usuários circulando dentro do site ultrapassou a marca de 1.600, enquanto o número de sessões foi maior do que 2.400: uma razão de proporcionalidade maior que 1,5 (Fonte: Google Analytics).

4. ENGAJAMENTO COMUNITÁRIO

A organização e articulação da Revolusolar nas favelas da Babilônia e Chapéu Mangueira permitiu uma rápida resposta à situação emergencial que a pandemia do coronavírus proporcionou. A instituição se uniu às duas Associações de Moradores (Babilônia e Chapéu Mangueira) e lançou a campanha: “Babilônia e Chapéu Mangueira Contra o Coronavírus” em março de 2020. Para esta campanha, arrecadamos no terceiro trimestre de 2020 um total de R$ 4.090, totalizando R$ 58.788 ao longo de toda a campanha. Entre julho e setembro de 2020, foram gastos R$ 11.982, totalizando R$ 54.549 em despesas. Com esses recursos, foi possível comprar: cestas básicas, caixas de leite em pó para crianças de 0 a 2 anos, instalação de um corrimão na Clínica da Família da Babilônia, materiais para a reforma de Posto de Saúde do Chapéu Mangueira, um café da manhã para a terceira idade, um termômetro, álcool gel e máscaras descartáveis para prevenção do Covid-19.

Estima-se que 11 mil pessoas foram impactadas pela Campanha, cerca de 2.550 refeições foram distribuídas, mais de 1.500 cestas básicas entregues, 600 cestas orgânicas, 130 litros de álcool gel, 5.000 sabonetes e 2.000 máscaras. O Relatório de Atividades e Impactos da Campanha pode ser acessado aqui.

Em paralelo, foram retomadas as atividades de campo de forma gradativa e com a aplicação de um estrito protocolo para prevenção do Covid-19, conforme recomendações das autoridades sanitárias. Foram realizadas reuniões com as Associações de Moradores locais, e 2 moradoras foram contratadas com o objetivo de divulgar e cadastrar famílias e comércios da comunidade interessadas em fazer parte da primeira cooperativa de energia solar da história das favelas brasileiras.

Também foram coordenadas visitas técnicas no espaço onde será instalada a usina solar para avançar com o projeto técnico.

5. EDUCAÇÃO INFANTIL

A pandemia impediu a realização de oficinas presenciais sobre sustentabilidade com as crianças e adolescentes durante o terceiro trimestre de 2020. Contudo, aproveitamos o período para planejar as atividades de 2021, e pretendemos inclusive implementar oficinas presenciais em espaços abertos das favelas no quarto trimestre.

Recebemos também a notícia de que não fomos selecionados para o Edital Equidade Racial na Educação Básica, que tínhamos enviado no trimestre anterior.

Tivemos a incorporação de 2 novos voluntários na equipe: Tamie Ramos e Jonathan Viana. Eles estão ajudando a elaborar o plano específico da equipe para 2021, com oficinas semanais que pretendemos ministrar nas 2 comunidades, capacitação do quadro de professoras, passeios a locais dentro e fora da comunidade, entre outros.

6. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Durante o terceiro trimestre de 2020 a equipe desenhou por meio de um diagrama um plano de desenvolvimento e capacitação profissional para longo prazo. O programa apresenta 2 linhas de desenvolvimento (profissionalização e técnico) as quais estão subdivididas em 3 diferentes níveis (básico, intermediário e avançado). As duas linhas de desenvolvimento são complementares e serão trabalhadas concomitantemente com o objetivo de habilitar um profissional técnico integral. A metodologia a ser utilizada e ementa formal do programa estão em desenvolvimento. Foram realizadas pesquisas de entidades que oferecem os cursos planejados, assim como contatos e primeiros acordos para possível trabalho em conjunto.

Como resultado dos primeiros acordos com entidades educacionais interessadas no projeto, 2 voluntários fizeram um curso de capacitação comercial com a empresa parceira de Canal Solar. Além disso, um curso sobre segurança no trabalho com sistemas elétricos e fotovoltaicos vai ser desenhado em conjunto com Canal Solar para a equipe de instalação de moradores que instalaram a usina fotovoltaica da cooperativa Luzia na associação de moradores da Babilônia.

7. ENGENHARIA

No âmbito de atuação da área de Engenharia, o terceiro trimestre consolidou a implementação do plano de reestruturação da equipe, desenvolvido no trimestre anterior. Como parte desse processo, foi estabelecida a realização de reuniões quinzenais da equipe, que são registradas e protocoladas em atas disponíveis na ferramenta Trello da equipe.

Além disso, a consolidação do plano de reestruturação contemplou o desenho, a discussão e a definição interna das frentes de trabalho da equipe. Inicialmente, haviam sido definidas as frentes de trabalho de Engenharia de Projetos e de O&M e, durante o processo de discussão interna, foi acrescida a frente de Eficiência Energética. A estruturação de cada uma das três frentes (Engenharia de Projetos, O&M e Eficiência Energética) está apresentada a seguir.

Figura 8: Estruturação do grupo de Engenharia

Fonte: Elaboração própria.

Simultaneamente ao processo de reestruturação estratégica, a equipe foi reforçada com mais 4 engenheiros(as) chegando a um total de 8 voluntários. Com isso, o time de trabalho conta com expertise em diferentes áreas da engenharia: elétrica, civil, ambiental, de dados e comunicação, mecânica e de materiais.

Engenharia de Projetos

Para o terceiro trimestre, o foco principal da equipe de engenharia continuou sendo o projeto da cooperativa, especialmente a parte de obra civil. Nesse sentido, foi realizado um pré-desenho dos reforços estruturais necessários no telhado. Após a visita técnica (adiada várias semanas por causa da pandemia) e os relatórios consolidados da equipe, identificou-se a necessidade de um reforço na própria estrutura do último andar, e não apenas na parte da cobertura.

Além disso, os estudos da equipe evidenciaram um elevado grau de corrosão na construção, o que ressalta a importância de manutenção em toda a estrutura.

Com isso, os vãos entre as terças foram redesenhados e alinhados com o sistema de fixação dos trilhos dos painéis. Os reforços em todas as vigas e pilares foram calculados e desenhados para atingir os requerimentos estruturais. Por fim, uma lista detalhada de todos os materiais para a obra civil foi elaborada e as primeiras cotações (com ajuda da equipe comercial) realizadas.

O projeto de construção de um teatro, localizado no último andar do prédio da associação de moradores, foi descartado e levado para outro local.

O&M

Os trabalhos da frente de O&M executados no terceiro trimestre consistiram em estruturar a padronização dos procedimentos dessa frente. No que diz respeito às atividades de visitação técnica das usinas, foi concluída a primeira versão do Manual de O&M da Revolusolar. Este manual será encaminhado à equipe de marketing para ajustes visuais na apresentação das informações, com o intuito de garantir uma boa comunicação e entendimento aos leitores. Além do manual, houve avanços na elaboração de formulários guias, relatórios padronizados e atualizações da documentação técnica dos projetos (incluindo, por exemplo, os diagramas unifilares das usinas fotovoltaicas)

Em relação às atividades de acompanhamento mensal da geração das usinas, também foram consolidados protocolos de comunicação padronizados baseados em scripts, cartas e e-mails modelos para passar a informação do monitoramento das usinas. Em termos dos resultados da atividade em si, a geração de energia das usinas FV01 (Babilonia Rio Hostel) e FV03 (Escolinha Tia Percilia) foi monitorada, gerando cartas de acompanhamento que foram enviadas aos donos das mesmas. Para a usina FV02 (Estrelas da Babilônia), foi realizado o conserto necessário e espera-se ter os dados da energia gerada para os próximos levantamentos. Por fim, destaca-se que foi identificada a necessidade de criar um sistema de monitoramento remoto para as usinas FV02 e FV03.

Eficiência Energética

Essa nova frente de trabalho na equipe de engenharia foi criada no terceiro trimestre e surgiu como uma necessidade de complementar a atuação da Revolusolar, de forma a contribuir ainda mais para a promoção de ações sustentáveis dentro das comunidades. Neste momento inicial de sua concepção, o trabalho focou na pesquisa de informações e na definição das áreas de trabalho: Iluminação, Aquecimento de água e Conforto térmico.

Para o desenvolvimento desses projetos de eficiência energética, foi estabelecido o uso de boas práticas de gestão de projetos, tomando como referência processo do Project Management Institute (PMI). Nessa linha, os Termos de Abertura dos 3 Projetos (TAP’s) foram escritos e um primeiro esboço de uma enquete para validação das hipóteses foi elaborada e encaminhada para a equipe de Inteligência da Revolusolar.

8. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

O terceiro trimestre de 2020 foi similar ao trimestre anterior por conta da pandemia e a consequente paralisação de atividades presenciais. Demos continuidade à estratégia de baixos custos fixos e procuramos recursos para o período que virá pós-pandemia.

Tínhamos constituído no trimestre anterior um fundo de reserva no valor de R$ 15.000, no âmbito do Fundo Volta Por Cima, promovido pelo Banco Pérola e pela Artemísia. Contudo, pelo fato de se tratar de um empréstimo (mesmo sem juros), deveremos começar pagá-lo em 12 prestações, a partir de novembro de 2020.

As receitas no trimestre se limitaram ao recebimento de doações por valor R$ 3.147 (+529% respeito ao trimestre anterior), via PayPal e na nossa conta bancária. As despesas totalizaram R$ 11.193 no trimestre (-12% respeito ao trimestre anterior), sendo R$ 8.562 em remunerações pessoais (incluindo impostos), R$ 1.559 com honorários contábeis, R$ 892 em despesas administrativas e bancárias, R$ 96 em despesas de comunicação e R$ 84 em materiais elétricos. Os acumulados dos primeiros nove meses, sempre sem considerar as receitas e despesas da campanha contra o Covid-19, foram de R$ 38.216 no lado das receitas, e de R$ 45.995 no lado das despesas.

No marco da campanha contra o Covid-19, entraram R$ 4.090 no terceiro trimestre (R$58.788 desde o início da campanha até 30 de setembro), e foram gastos R$ 54.549 no mesmo período. O saldo disponível no dia 30 de setembro era de R$ 4.239. O relatório parcial da campanha até 23 de junho está disponível neste link. Assim que fecharmos a campanha, iremos publicar o relatório completo.

9. PESSOAS

Com a crescente visibilidade que o projeto vem ganhando nos últimos meses, o número de interessados em fazer parte da equipe aumentou bastante. Assim, o time de pessoas focou seus esforços em mapear, organizar e padronizar o processo de admissão e entrada de novos voluntários, desde o preenchimento do formulário de interesse, passando pelo onboarding e assinatura dos termos. O foco nos últimos meses foi oficializar e regularizar a participação de todos no time permanente.

Também foi criado o Grupo de Apoio, um espaço que trouxe muita fluidez no contato com potenciais voluntários. Nesse grupo, a equipe de Gestão compartilha necessidades de divulgação, outras atividades específicas que a organização demanda para evoluir e abre com prioridade vagas de voluntariado nas equipes fixas executivas, atuando como uma porta de entrada para novos membros. De modo geral, a experiência com o grupo tem sido satisfatória. Ao mesmo tempo, garantimos rápido atendimento aos candidatos, gerando uma experiência positiva, fomentamos a imagem agregadora da Revolusolar, e nutrimos uma rede de divulgação orgânica.

Com a campanha de arrecadação foi possível mensurar a importância que esse grupo teve para a divulgação massiva de conteúdos nas redes sociais e a grande contribuição que ele teve para que pudéssemos alcançar as metas. O desafio para os próximos meses é entender quais serão os próximos passos e atividades que teremos com esse grupo e como podemos agregar mais valor para a experiência desses voluntários.

Novos membros do time de Pessoas: Laís Rio, Iaci Penteado e Lucas Somma.

10. CONSTITUIÇÃO DA COOPERATIVA

Foi formado um Grupo interno de Trabalho para a constituição da cooperativa, que se organizou em 3 frentes principais: técnica, comercial e administrativa.

Constituição legal/administrativa da cooperativa

O objetivo desta frente é a constituição da cooperativa e seu registro junto aos órgãos competentes, de tal maneira que seja aceita pela Light (para homologação do SCEE para atribuição de créditos aos cooperados), apresente riscos limitados para os cooperados, governança adaptada e possibilidade de expansão no futuro.

As atividades do grupo durante o terceiro trimestre consistiram na redação do Ato Constitutivo da cooperativa, realização de estudos financeiros visando a avaliar os parâmetros para a viabilidade econômica da cooperativa, definição de critérios de seleção dos cooperados e outros procedimentos administrativos necessários para a constituição da cooperativa e posteriormente, habilitação junto a Light e operacionalização dos créditos.

  • Redação do Ato Constitutivo: a partir de uma minuta, foram adaptadas as cláusulas relevantes e discutidas as questões operacionais, de responsabilização e relações legais com a Revolusolar e outras entidades envolvidas no projeto (associação de moradores, Light, prestadores de serviços). Foram discutidas questões operacionais de integração e exclusão de cooperados, responsabilidades financeiras e uso de sobras de exercício, procedimentos administrativos e de gestão, entre outros;
  • Parâmetros de viabilidade financeira da cooperativa: foram realizados estudos do ponto de vista dos cooperados (impacto da atribuição dos créditos na conta de luz) após estudo aprofundado das tarifas e modos de cobrança da conta de luz, sem e com GD; também do ponto de vista da cooperativa e do valor desejável de cobrança pelo aluguel do sistema pela Revolusolar; incertezas ligadas ao consumo, geração, inadimplência;
  • Critérios de seleção dos cooperados e método de cadastro: foram debatidos os critérios a serem aplicados para filtragem dos inscritos para a cooperativa, em trabalho conjunto entre membros da equipe de engenharia, regulação e comunidade. Também foram decididos métodos de cadastro e aplicação de enquetes com os inscritos.

11. JURÍDICO

A equipe jurídica atuou na preparação da documentação para a constituição formal da cooperativa, detalhada na seção anterior. Além disso, a equipe assessorou a equipe Comercial e de Gestão, com a redação e revisão de contratos de parcerias, e na elaboração da documentação para a nova governança (estatuto social, atas de assembleia, termos de posse, entre outros).

12. ARTICULAÇÃO EM REDES E ADVOCACY

A participação em redes é uma característica marcante da atuação da Revolusolar. A nível global, a instituição mantém contato com a Aliança Cooperativa Internacional e com REScoop.eu, a federação europeia de cooperativas de energia renovável. A nível nacional, a Revolusolar faz parte da Frente por uma Nova Política Energética, com diversas organizações socioambientais do país com atividades na área energética que advogam por uma política energética mais inclusiva e sustentável.

A nível regional, a organização integra a Rede Favela Sustentável, no Grupo de Trabalho de Energia Solar. Nesta, estão reunidas organizações e pessoas físicas atuantes em favelas do Rio com projetos de energia solar.

Figura 9: Apresentação da Revolusolar em evento na comunidade da Babilônia

Em 2020, o foco de advocacy é introduzir a perspectiva da população de baixa renda na revisão regulatória da REN 482 de 2012 da ANEEL, sobre incentivos no Sistema de Compensação de Energia Elétrica (SCEE) no Brasil para a geração distribuída. Com o intuito de representar os interesses da população de baixa no setor energético brasileiro, a Revolusolar se posicionou como favorável à inclusão de incentivos à geração distribuída solar fotovoltaica com interesse social nesses Projetos de Lei. Em resumo, demanda-se isenção integral das taxas e encargos cobrados sobre a energia injetada para projetos de impacto social.

No terceiro trimestre de 2020, a Revolusolar manteve articulações com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o que tem sido importante para o advocacy, já que a ABSOLAR é ator influente nos rumos do setor no país, como verificado no processo de revisão regulatória de 2012 e 2015 com a ANEEL, além do diálogo próximo com o Congresso Nacional. Em setembro de 2020, enviamos para a ABSOLAR, que compilou as contribuições dos associados e enviará ao Congresso Nacional. Em paralelo, iniciamos conversas para decidir outras linhas de atuação do Advocacy para além das mudanças no SCEE nossa contribuição para o Código Brasileiro de Energia Elétrica.

13. INTELIGÊNCIA

Como foi informado no relatório do trimestre anterior, a equipe teve uma ampliação do escopo de atividades. Dois novos voluntários, com experiência na área em outra ONG foram incorporados na equipe e mais dois voluntários serão procurados para reforçar o grupo quanto a análise e processamento de dados.

Foi realizada uma integração e automatização do processo de atualização dos indicadores de impacto sociais, econômicos e ambientais. Com o apoio da equipe de Marketing os dados foram publicados no website da Revolusolar. Dados para o terceiro trimestre encontram-se compilados a seguir.

Fonte: Elaboração Própria

14. PRÓXIMOS PASSOS

Durante o quarto trimestre de 2020, o foco estará nas seguintes atividades:

  • Obra civil e construção da usina de 26 kWp na Associação de Moradores para a cooperativa;
  • Constituição formal da cooperativa no cartório;
  • Retorno às atividades presenciais (oficinas infantis e cursos profissionalizantes);
  • Fechamento da captação de recursos para 2020 e início da prospecção para 2021;
  • Realização das enquetes de mensuração de impacto e direcionamento da estratégia com os moradores;
  • Elaboração do plano estratégico para 2023 e plano de ação para 2021 e validação com o Conselho;
  • Mapeamento e dinâmicas de cultura organizacional;
  • Execução das contrapartidas de imagem para apoiadores;
  • Campanha de Advocacy junto ao time de Comunicação.